07 julho 2012

Fui:

Anna141010

 

Fui brisa suave,

Num dia de Primavera

Mas... Porque sonho?

Se foi uma quimera

Fui brisa ardente

Numa noite de Verão

Ninguém a sentiu...

Mas queimou-me o coração

Fui vento forte

Numa tarde de Outono

Agora sou folha caída

Deixada ao abandono!

Autoria:

03/07/2012

Joaquim Antero Oliveira