11 setembro 2011

Na ténue linha da realidade

Foto0268

 

Na ténue linha da realidade

Que é a vida, a que me dou

Meu sonho é ser de verdade

Tão somente, aquilo que sou

 

Na ténue linha da realidade

Onde semeio os sonhos meus

Vejo florir para a eternidade

Teu brilho na imensidão dos céus

 

Na ténue linha da realidade

A que também chamam presente

Vivo com toda a intensidade

Ainda que pareça... Loucamente!

Autoria:

J. Antero Oliveira