03 abril 2011

Histórias

 

6q8so3 

 

Teus raios ó ardente sol de Inverno

Me aquecem como no pico do Verão

Teus braços se estendem pelo eterno

Murmurar das ondas quando vão...

 

À nossa praia, num momento terno

Ecoando ao mundo a nossa canção

Enrolando-se num abraço fraterno

Juntado, nossas almas, com emoção

 

Mas desse abraço só restam memórias

E alguns traços rabiscados num caderno

Revelando docemente nossas histórias…

20/03/2011

Autoria:

J. Antero Oliveira