09 abril 2011

Além do silêncio, um alegre viver

mar%20e%20ceu

 

 

Estendo, meus dedos, sobre o papel

Duma página, branca, tão pura

Deposito nele, todo sabor, do mel

Que floresce, desta Alma, tão escura

 

Rabisco, meus sentimentos, sem fel

Semeando, doces flores, na frescura

Da manhã, que me viu, num corcel

Cavalgando, veloz, à tua procura 

 

Nas margens verdejantes dum rio

Sob o luar, num sonho, fugidio…

Sobre as ondas, revoltas, do mar

 

Conquistando, ao tempo, o sonhar

Perpetuando somente este querer...

Além do silêncio, um alegre viver!

 

 

Autoria:

J. Antero Oliveira