06 janeiro 2011

Fonte dos meus sonhos

conceição

 

Fechei os olhos e senti

Meus sonhos florir de ti

Qual terra árida, sem vida?

Por ti floresce a semente

Que outrora julgava perdida

Ó fonte dos meus sonhos

Que me encantas, docemente

Tempos tristonhos, abandonei

Quando em teus braços me entreguei.

 Autoria:
J. Antero Oliveira