07 agosto 2010

O sol e a Lua

Imagem2
 
 
 
Pela minha, entreaberta janela
Observo fascinado, o sol nascente
Ele trás do seu lado, imagem bela...
Duma lua, em quarto crescente…
 
Ó dia que és  belo e triste,
Tens hoje a companhia daquela,
Em quem, o oculto, persiste...
Guarda-a como a uma estrela…
 
Pois te ladeia, a lua pura...
Ela não te aguarda, e vai…
Ao encontro, doutro quadrante…
 
Deixa-nos na  noite escura,
Logo que o sol cai...
Mas noutro dia vem, seguramente!
 
 
Autoria:
 
J. Antero  Oliveira