05 abril 2017

Visto minh'alma



Visto minh'alma com brisas
E perfumes de primavera
Com o canto dos pássaros
E a paz que o amor gera
Visto minh'alma de silêncios
Para escutar o coração
Suspirando felicidade
Transbordando emoção!


04/04/2017
Joaquim Antero Oliveira

22 fevereiro 2017

De ser feliz jamais desisto



O brilho que dizes ver em meus olhos
É reflexo da doçura que brota dos teus
E se por vezes neles vês um rio
É porque sem ti não vivo, apenas existo...
Por isso não estranhes quando digo
Que é de sombras este caminho que sigo
E só porque acredito que mereço
De ser feliz jamais desisto!


22/02/2017
Joaquim Antero Oliveira


27 novembro 2016

Silêncios e emoção



Já pintei horizontes de mil cores
E sonhos com perfume de flores
Já plantei em teus olhos alegrias
E nos meus a ternura desses dias
Já te olhei nos olhos e falei...
Directamente para o teu coração
Mas não foram palavras que ousei
Dizer-te, foram silêncios e emoção!


27/11/2016

Joaquim Antero Oliveira

06 outubro 2016

Vivo do teu lado noite e dia



São brisas perfumadas que anseio
Encontrar nas páginas de cada dia
Mas muitas vezes há o receio
Que lhes falte a cor d'alegria
Por isso elevo mais a fasquia
E acrescento novas cores
E o perfume das flores
A este livro que te escrevo.
Onde tudo a que me atrevo
Vivo, do teu lado, noite e dia!


06/10/2016
Joaquim Antero Oliveira

29 junho 2016

Como é maravilhosa a Primavera



Como é maravilhosa a Primavera
Todos admirando as suas cores
E a brisa perfumada pelas flores
Mas me encanta mais a que gera
Por pessoas perfumadas como flores
Em nossos corações, ternos amores
Ah como amo esta Primavera!
Que floresce dentro de mim
E de quem não vive d'aparências
E quando for hora, quero morrer assim...
Longe de más influências!

28/06/2016
Joaquim Antero Oliveira